Lei proíbe homenagens a exploradores de trabalho escravo

Uma lei que proíbe homenagens a exploradores de mão de obra escrava foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff e publicada no “Diário Oficial da União” desta sexta-feira (11). A norma altera artigo de lei sobre denominações de bens públicos e proíbe que uma pessoa condenada ou notabilizada pela exploração de mão de obra escrava seja homenageada com nomes de obras, monumentos ou ruas. “É proibido, em todo o território nacional, atribuir nome de pessoa viva ou que tenha se notabilizado pela defesa ou exploração de mão de obra escrava, em qualquer modalidade, a bem público, de qualquer natureza, pertencente à União ou às pessoas jurídicas da administração indireta”, diz o texto da lei. A lei passa a valer a partir desta sexta (11).

Anúncios

Sobre Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |
Esse post foi publicado em Assessoria, Cidades, Curiosidades, Economia, Menu Principal, Política e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s