Bahia é o maior pólo brasileiro de investimentos em energia eólica

Secom
encontro

Com 10% do potencial nacional, a Bahia é o maior pólo brasileiro de investimentos em energia eólica. Por este motivo, representantes de todos os segmentos da cadeia da energia eólica no Brasil estão se reunindo em Salvador, nestas segunda e terça-feiras (12 e 13), no Fórum Nacional Eólico (FNE) – Carta dos Ventos, no Fiesta Hotel & Convention Center. O Brasil está prestes a se consolidar no mercado de energia eólica e, até 2014, serão implantados em todo o país, mais de 7GW em capacidade energética. “Como o mundo inteiro busca energia renovável, nós iremos aproveitar esta mina de ventos que nós temos na Bahia e transformá-la na geração de empregos e na inclusão social que a gente vem fazendo. Vamos aguardar o posicionamento da Aneel em relação aos próximos leilões”, disse o governador Jaques Wagner que compareceu à abertura do evento. Na ocasião, ele participou de uma reunião com os empresários do setor. “Eu quero reforçar o compromisso do Governo do Estado com a energia eólica. Temos trabalhado para, tanto em nível estadual quanto com o governo federal, para sermos facilitadores na implementação de novos parques”.

O presidente da Renova Energia, Mathias Becker, a maior investidora no estado, disse que, “mais do que o recurso natural, há ainda a parceria que nós estamos conseguindo fazer com Governo do Estado, que oferece a infraestrutura que precisamos para implantar os parques, além da receptividade das comunidades, que é a forma como a Renova gosta de atuar, sendo um vetor de desenvolvimento”. Para ele, a política do governo estadual, juntamente com a política de desenvolvimento da cadeia eólica no Brasil, propicia e incentiva que a cadeia completa se instale na Bahia, com a fabricação das torres, máquinas e pás.

Nordeste possui um dos melhores ventos do mundo
A presidente da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEólica), Elbia Melo, disse que a principal virtude do Brasil para o segmento é este momento de investimento associado a um contexto internacional de tecnologia avançada e crise, que está dirigindo investimentos para o país. “É também, sobretudo, a natureza do Brasil, o potencial eólico que se concentra no Nordeste e no Sul do país. Recentemente descobrimos que o interior da Bahia tem um grande potencial. Um dos melhores ventos do mundo está no Nordeste e a Bahia tem crescido bastante em termos de investimento em energia eólica”.

De acordo com o secretário da Indústria, Comércio e Mineração, James Correia, a realização do evento em Salvador é um reconhecimento do papel da Bahia para o segmento. “O estado assume a liderança na produção de equipamentos e vai assumir também no volume de energia eólica gerada. Significa uma energia limpa, que não impacta o meio ambiente e que está localizada no semiárido, proporcionando muita riqueza, emprego, renda, aluguel de área para instalação dos parques, demonstrando a importância deste segmento para a Bahia”.

Anúncios

Sobre Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |
Esse post foi publicado em Assessoria, Cidades, Curiosidades, Economia, Menu Principal, Mundo, Política e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s